Preço do minério importado cai mais de 2% na China em uma semana

Preço da commodity está em queda desde abril, mas a retração somada a forte elevação no nível dos estoques indica uma superprodução das siderúrgicas

Cynthia Decloedt, da Agência Estado,

27 de maio de 2011 | 12h51

O preço spot das importações do minério de ferro, incluindo frete, caíram mais de 2% na China nesta semana em relação a anterior, para US$ 179,00/US$ 180,00 a tonelada, uma vez que a demanda chinesa por recursos para a fabricação de aço cedeu em meio ao volume recorde dos estoques nos portos, mostraram dados da indústria. O preço do minério de ferro, incluindo o frete, caiu de US$ 184,00 a tonelada na semana passada, segundo dados do Metal Bulletin.

O preço da commodity está em queda desde abril, mas esta retração somada a forte elevação no nível dos estoques indica uma superprodução das siderúrgicas.

Os estoques nos portos subiram 11% em relação a semana anterior, para o recorde de 92,45 milhões de toneladas, superando o recorde anterior de 89 milhões de toneladas atingido durante a crise financeira global, de acordo com dados da consultoria Mysteel.

"As siderúrgicas não são capazes de utilizar o total de minério de ferro que importaram e os traders também estão deixando o minério importado em estoque nos portos", disse a analista da Xangai Cifco Futures, Chen Yue. A desaceleração da atividade no setor de construção pode estar contribuindo para a queda no preço do minério e aumento dos estoques, acrescentou. Mas as siderúrgicas podem estar optando por minério doméstico, mais barato e de menor qualidade.

Hoje, a China Iron and Steel Association (Cisa) informou que a média diária da produção doméstica de aço continua relativamente alta, atingindo um recorde de 1,98 milhão de toneladas no período de 11 a 20 de maio, 1,9% acima dos 10 dias anteriores, disse a Mysteel. Esses números da Cisa, no entanto, abrangem apenas uma pequena amostra de siderúrgicas. Os dados nacionais serão divulgados em 10 de junho. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
ferroimportaçãoChina

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.