Preço dos imóveis na Espanha cai 7,2% no 1º trimestre

Foi a maior queda desde o terceiro trimestre de 2009; o forte declínio aumenta as preocupações de que o setor bancário do país poderá enfrentar mais perdas

Clarissa Mangueira, da Agência Estado,

18 de abril de 2012 | 08h23

O índice de preços dos imóveis da Espanha caiu 7,2% no primeiro trimestre, na comparação com o mesmo período do ano passado, o que representa a maior queda desde o terceiro trimestre de 2009, afirmou o Ministério dos Trabalhos Públicos. O forte declínio aumenta as preocupações de que o setor bancário do país poderá enfrentar mais perdas. Em relação ao último trimestre do ano passado, o índice caiu 3%.

Os números, os primeiros dados oficiais sobre o setor que tem registrado quedas contínuas dos preços desde 2008, oferecem uma indicação do índice equivalente compilado pelo Instituto Nacional de Estatísticas (INE), que é considerado mais confiável e será divulgado no dia 14 de junho.

No quarto trimestre de 2011, o índice caiu 6,8%, em bases anuais, e recuou 1,5% em comparação com o trimestre anterior. De acordo com as estimativas do INE, o índice caiu 11,2% no último trimestre do ano passado, um declínio recorde. As informações são da Dow Jones. 

Tudo o que sabemos sobre:
imóveisEspanha

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.