Prefeitura de NY autoriza construção de arranha-céu ao lado do Empire State Building

Chamado 15 Penn Plaza, prédio terá 363 metros de altura, diante dos 381 metros do Empire

Reuters,

25 de agosto de 2010 | 19h40

Um novo edifício comercial planejado para a região de midtown em Manhattan ganhou a aprovação do Conselho Municipal de Nova York nesta quarta-feira, 25, apesar das objeções dos donos do Empire State Building de que a obra irá prejudicar a paisagem icônica da região.

A construtora Vornado Realty Trust propôs que o prédio de 67 andares, chamado 15 Penn Plaza, seja construído a duas quadras do Empire, tornando-se a primeira construção tão alta quanto um dos mais tradicionais pontos turísticos de Nova York, que permaneceu soberano na paisagem de midtown desde sua construção, em 1931.

Um porta-voz da construtora disse que o prédio será "um extraordinário incremento à paisagem de Nova York". O prédio proposto ainda não possui um inquilino principal, o que pode atrasar o início da obra até que seja encontrado um.

O co-proprietário do Empire State Building, Malkin Holdings, disse que respeita a decisão do Conselho. "Como atual representante do Empire State Building, a imagem mais icônica do céu de Nova York, nós acreditamos que o 15 Penn Plaza está muito próximo do Empire, considerando sua dimensão e design", disse o presidente Anthony Malkin.

A construção do 15 Penn Plaza foi aprovada por 47 votos a favor e apenas 1 contra. O prefeito nova-iorquino, Michael Bloomberg, rebateu as críticas: "Qualquer um que construa um novo prédio na cidade mudará sua paisagem. Nós não temos de correr atrás dos proprietários dos outros prédios e nos desculpar."

O Empire State Buidilng foi o edifício mais alto da cidade até a construção do World Trade Center em 1970. Após as torres gêmeas terem sido destruídas pelos ataques de 11 de setembro, o Empire ganhou novamente o título de prédio mais alto, mas o One World Trade Center tomará de volta o título quando ficar pronto.

A construtora Vornado disse que o novo edifício terá 363 metros de altura, comparados aos 381 metros do Empire State Building.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.