Prejuízo da chinesa Cosco sobe 76,4% no 1º semestre

A estatal chinesa Cosco Holdings Co., segunda maior companhia de transporte marítimo do mundo por tamanho de frota, registrou uma alta de 76,4% do prejuízo líquido no primeiro semestre, para 4,87 bilhões de yuans (US$ 766,9 milhões), do prejuízo de 2,76 bilhões de yuans em igual período do ano passado. O aumento do prejuízo foi provocado pelo enfraquecimento da economia mundial e a desaceleração do crescimento na China, que pesaram sobre as taxas de frete.

CLARISSA MANGUEIRA, Agencia Estado

29 de agosto de 2012 | 12h45

A receita da empresa caiu 32% no primeiro semestre, para 8,30 bilhões de yuans, devido a uma queda de 18% no volume de transporte marítimo, indicando um enfraquecimento da demanda doméstica. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Coscobalançoprimeiro semestre

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.