Prejuízo trimestral do Bank of America é de US$ 1,24 bi

O Bank of America Corp (BofA), maior banco dos Estados Unidos por ativos, teve um prejuízo ainda maior no quarto trimestre, por conta dos encargos e das baixas contábeis anunciados previamente. O banco anunciou hoje um prejuízo líquido de US$ 1,24 bilhão, ou US$ 0,16 por ação, no quarto trimestre de 2010, incluindo um ajuste previamente anunciado de US$ 2 bilhões no segmento de seguro e crédito imobiliário. Excluindo este item, a companhia lucrou US$ 756 milhões, ou US$ 0,04 por ação.

REGINA CARDEAL, Agencia Estado

21 de janeiro de 2011 | 11h38

No quarto trimestre de 2009, o Bank of America teve prejuízo de US$ 194 milhões. A receita no último trimestre do ano passado caiu 11%, para US$ 22,4 bilhões. Em 2010, o Bank of America declarou ajuste contábil de US$ 12,4 bilhões, o que resultou em prejuízo líquido de US$ 2,2 bilhões (US$ 0,37 por ação). Excluindo o ajuste, a companhia lucrou US$ 10,2 bilhões (US$ 0,86 por ação). A receita no ano recuou para US$ 111,39 bilhões, ante US$ 120,94 bilhões no ano anterior.

No início deste mês, o BofA fechou um acordo para recomprar hipotecas problemáticas que havia vendido à Fannie Mae e Freddie Mac. O banco também disse que faria provisões de US$ 3 bilhões no quarto trimestre, para cobrir os custos. Hoje, a companhia informou que a provisão é de US$ 4,1 bilhões e inclui queixas atuais e futuras que envolvam recompra de hipotecas. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.