Premiê espanhol descarta novo pacto de financiamento para a Catalunha

Líder regional disse que governo perdeu oportunidade histórica de entendimento com a Catalunha; região tem língua e cultura próprias e busca novas formas de financiamento 

Danielle Chaves, da Agência Estado,

20 de setembro de 2012 | 10h57

MADRI - O primeiro-ministro da Espanha, Mariano Rajoy, descartou a possibilidade de um novo pacto de financiamento para a Catalunha, de acordo com o presidente da região autônoma, Artur Mas. O líder regional informou que, em uma reunião entre eles, Rajoy disse que "não há espaço para negociação" sobre o assunto.

"Hoje se perdeu uma oportunidade histórica de entendimento entre a Catalunha e o restante da Espanha", declarou. Mas em entrevista à imprensa após a reunião com Rajoy, segundo o jornal El País. O presidente da região autônoma disse que nos próximos dias será feita uma reflexão profunda sobre o debate político geral na Catalunha e, de acordo com o jornal, há expectativas de que sejam convocadas novas eleições.

A Catalunha, uma das regiões mais ricas e populosas da Espanha, está em busca de um novo arranjo de financiamento em que possa coletar seus próprios impostos e transferir para o restante do país um montante menor do que atualmente.

A crise enfrentada pela Espanha tem exacerbado o sentimento tradicional de injustiça na Catalunha. Muitos dos residentes da região, que possui língua e cultura únicas, acreditam que muito dinheiro é retirado das regiões mais prósperas do país e levado para as mais pobres. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
EspanhacriseCatalunha

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.