REUTERS/Nacho Doce
REUTERS/Nacho Doce

Presidente da Embraer deixará a companhia em abril

Saída do executivo Paulo Cesar de Souza e Silva ocorrerá no dia 22, término de seu mandato

Fátima Laranjeira, O Estado de S.Paulo

18 de março de 2019 | 18h25

A Embraer, após a aprovação pelos acionistas da parceria estratégica com a Boeing, informou nesta segunda-feira, 18, que Paulo Cesar de Souza e Silva, presidente da companhia, "encerra seu ciclo profissional" na empresa no próximo dia 22 de abril, término de seu atual mandato.

Segundo a empresa, o futuro presidente será anunciado até 22 de abril.

Paulo Cesar foi convidado para ser consultor sênior do Conselho de Administração da companhia, com a incumbência de facilitar a integração do novo diretor presidente e também para assessorar o colegiado até o fechamento da operação com a Boeing.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.