Presidente da Fiat deixa o cargo

O presidente da montadora italiana Fiat, Luca Cordero di Montezemolo, confirmou hoje que está deixando o posto, porque "concluiu a tarefa" que os acionistas lhe deram em 2004. O acionista controlador da Fiat, John Elkann, atual vice-presidente da companhia, deverá substituí-lo, disseram fontes próximas do assunto hoje. O comunicado, no entanto, não menciona quem substituirá Montezemolo. Ele continuará no conselho da montadora e no posto de presidente da Ferrari. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.