Presidente da Honda fala sobre nova fábrica com Dilma

O presidente mundial da Honda Motor Company Ltd., Takanobu Ito, disse nesta segunda-feira, 25, que conversou com a presidente Dilma Rousseff sobre o ambiente de negócios da empresa no Brasil, destacando o lançamento da pedra fundamental do início das obras de uma fábrica em Itirapina (SP), nesta terça-feira, 26.

RAFAEL MORAES MOURA E TÂNIA MONTEIRO, Agencia Estado

25 de novembro de 2013 | 16h53

"Hoje, pude transmitir à presidenta que essa longa data que a Honda atua no Brasil, por mais de 42 anos, se deve à colaboração e apoio do governo brasileiro à nossa empresa. Anunciei à presidenta que lançaremos amanhã a pedra fundamental do início das obras da nova fábrica em Itirapina", disse, numa curta declaração.

De acordo com dados publicados anteriormente pela Honda, o investimento total no projeto será de cerca de R$ 1 bilhão. A previsão é que a fábrica empregue 2 mil funcionários e produza um automóvel compacto, da categoria do Honda Fit. "Pude transmitir a ela (Dilma) que nós desenvolvemos nossos negócios a ponto de chegarmos a esse início da construção de uma segunda planta, além do investimento da Honda no desenvolvimento de pesquisas na área de automóveis. Pude reportar à presidenta que esse projeto no desenvolvimento de pesquisas tem tido muito sucesso, está avançando em conformidade e o desenvolvimento de pesquisas da Honda no Brasil para adequar os seus produtos à região está em pleno vapor", afirmou.

De acordo com Ito, também se conversou na reunião sobre o investimento da empresa na produção de energia eólica no Rio Grande do Sul. "A presidenta demonstrou-se feliz por essa estratégia que fortalece o sistema produtivo do Brasil", disse.

Tudo o que sabemos sobre:
HondaDilma

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.