Presidente da Maserati diz que vendas devem ser estáveis em 2010

A marca de carros de luxo Maserati, da Fiat, espera vender em 2010 tantos carros quanto neste ano, quando as vendas caíram 40 por cento, afirmou o chefe da unidade em entrevista.

REUTERS

31 de dezembro de 2009 | 12h25

"Precisamos nos preparar para nos tornar significativamente mais lucrativos em 2010 com o mesmo nível de vendas de 2009", disse Herald Wester, segundo entrevista publicada por uma revista alemã automotiva na quinta-feira.

Ajudada por uma redução de equipe de 20 por cento no fim de 2008, a empresa espera apresentar um lucro operacional para 2009, explicou Wester.

"No fim de agosto tivemos um resultado operacional positivo de 6 milhões de euros. Estaremos no azul para o ano como um todo".

(Reportagem de Maria Sheahan)

Tudo o que sabemos sobre:
AUTOSMASERATIVENDAS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.