Presidente do Bradesco diz que 2012 um será ano difícil

Luiz Carlos Trabuco disse acreditar que Selic poderá cair ainda mais no proximo ano e que câmbio deverá perder volatilidade

Luciana Antonello Xavier, da Agência Estado,

17 de novembro de 2011 | 18h18

O presidente do  Bradesco, Luiz Carlos Trabuco Cappi, disse nesta quinta-feira, 17, acreditar que o cenário externo ainda trará incertezas ao longo do próximo ano. "Acho que não será um ano muito diferente de 2011. Será um ano difícil", afirmou a jornalistas, após falar a investidores, durante fórum promovido pelo banco, em Manhattan.

Trabuco acredita que haverá mais espaço para queda da Selic no ano que vem e não espera tanta volatilidade no câmbio. "Acho que o câmbio não vai buscar o fundo do poço de R$ 1,50 e vai ficar ao redor de R$ 1,75, que é um refresco muito bom para o exportador".

Tudo o que sabemos sobre:
trabucobradescoano2012

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.