Presidente do Magazine Luiza elogia crédito subsidiado

O crédito subsidiado oferecido pela Caixa Econômica Federal a beneficiários do Minha Casa Minha Vida deve estimular as vendas de outros setores, além de eletrodomésticos e móveis. A avaliação é da presidente do Magazine Luiza, Luiza Helena Trajano, que participa nesta segunda-feira, 08, de painel no Fórum de Moda e Marketing 2013, em São Paulo.

DAYANNE SOUSA, Agencia Estado

08 de julho de 2013 | 17h18

Na opinião da executiva, o programa deve favorecer a inclusão bancária e aumentar o acesso de famílias a outras formas de crédito. "A cada cem clientes que entram nas nossas lojas, apenas dez têm crédito aprovado no banco", comentou. "E a maioria dessas pessoas não é aprovada não porque tenha dívidas, mas porque não tem acesso ao sistema bancário e hoje não há cadastro positivo que permita avaliar esse cliente", disse.

Lançado em junho, o programa Minha Casa Melhor prevê R$ 18 milhões em crédito a juros de 5% ao ano. Cada beneficiário do Minha Casa Minha Vida pode utilizar crédito de até R$ 5 mil por meio de um cartão oferecido pela Caixa.

Tudo o que sabemos sobre:
Magazine Luizacrédito subsidiado

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.