Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Presidente-executivo da Hyundai renuncia

O presidente-executivo da Hyundai Motor, Steve Yang, renunciou ao cargo por motivos pessoais e os diretores de vendas nacionais e internacionais vão dividir o papel dele, anunciou nesta sexta-feira um porta-voz da companhia.

REUTERS

30 de setembro de 2011 | 07h11

Durante a gestão de Yang, a Hyundai se tornou uma das maiores ameaças para as montadoras globais nos últimos anos, aumentando as vendas e ganhando mercado mesmo durante a crise financeira mundial.

Yank chegou ao mais alto cargo no quinto maior grupo automotivo, incluindo a Kia Motors, no começo de 2009. Foi um dos três presidentes-executivos da Hyundai ao lado do presidente de conselho e membro da família fundadora Chung Mong-koo.

Kim Choong-ho e Kim Seung-tack cuidarão dos negócios nacionais e internacionais, respectivamente, e o conselho da Hyundai escolherá um novo presidente-executivo mais tarde, afirmou o porta-voz.

As ações da Hyundai acumulam valorização de 21 por cento neste ano, muito acima do índice de referência da bolsa sul-coreana Kospi e do desempenho dos papeis da maioria dos concorrentes globais.

Tudo o que sabemos sobre:
AUTOSHYUNDAIRENUNCIA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.