Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Previdência tem déficit de R$ 5,4 bilhões em agosto

Saldo negativo dobrou no mês passado com o pagamento da 1ª parcela do 13º salário para quem recebe até um salário mínimo 

Célia Froufe, da Agência Estado,

20 de setembro de 2010 | 10h47

A Previdência Social registrou um déficit de R$ 5,415 bilhões em agosto, segundo dados divulgados nesta segunda-feira, 20, pelo Ministério da Previdência Social. O resultado apresentou aumento de 111% na comparação com julho e ficou estável na comparação de agosto do anopassado.

O valor é resultado de uma arrecadação líquida de R$ 17,330 bilhões e uma despesa com pagamentos de benefícios previdenciários de R$ 22,746 bilhões. Todos os valores são corrigidos pelo INPC. Em agosto do ano passado, o déficit da Previdência havia sido de R$5,414 bilhões e, em julho deste ano, o saldo ficou negativo em R$ 2,563bilhões.

Segundo técnicos da Previdência, o resultado do mês passado sofreu o impacto do pagamento de metade do 13º salário aos cidadãos que recebem até um salário mínimo. A arrecadação desse benefício apenas entra para a Previdência em dezembro. O impacto apenas desse item representa, de acordo com técnicos da Previdência, um impacto de aproximadamente R$ 1,8 bilhão. Além disso, há também um total de R$ 898,4 milhões referentes ao aumento de 7,72% concedido em junho pelo governo aos aposentados e que é retroativo a janeiro.

De janeiro a agosto de 2010, o déficit da Previdência somou R$ 30,779 bilhões, o que significa uma leve diminuição de 1,3% ante os primeiros oito meses de 2009, quando o saldo ficou negativo em R$ 31,183 bilhões. No ano até o mês passado, a Previdência arrecadou R$ 129,507 bilhões, mas teve despesas no valor de R$ 160,286 no período. Os valores acumulados também são corrigidos pelo INPC.


A arrecadação cresceu 11% de janeiro até o mês passado em relação aos mesmo período de 2009 , quando somou R$ 116,629 bilhões, e o pagamento de benefícios previdenciários avançou 8,4% nesses meses. De janeiro a agosto de 2009, essas despesas somaram R$ 147,812 bilhões.

Tudo o que sabemos sobre:
previdênciadéficitagosto

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.