Procon autuará HP por demora em recall

Empresa fez em maio campanha mundial de recall de baterias que podem superaquecer; no Brasil, o recall foi anunciado apenas em 26 de novembro

Marília Lopes, do estadao.com.br,

15 de dezembro de 2010 | 13h56

A Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) de São Paulo autuará a HP do Brasil por demorar para anunciar o recall mundial de baterias aos consumidores brasileiros. Em maio deste ano, a empresa fez uma campanha mundial de recall de baterias que podem superaquecer, provocando riscos de incêndio e queimaduras. Porém, no Brasil, o recall foi anunciado apenas em 26 de novembro.

O Procon abrirá um processo administrativo contra a HP, que poderá ser multada, pela demora em anunciar o recall no Brasil. As baterias de alguns modelos de notebooks HP/Compaq comercializados entre agosto de 2007 e março de 2008. Os modelos que podem ter a bateria com defeito são das linhas: HP Pavillion dv2000, dv2500, dv2700, dv6000 e dv6500; Compaq Presario a900, c700, f700, v3500, v3700, v6000, v6500 e v6700; HP G6000 e G7000 e HP Compaq 6720s.

As baterias que já apresentaram problemas e devem ser trocadas tem o número do código de barros com os seguintes caracteres, sendo que pode ser substituído por qualquer outro número ou letra: 62940AXV,65033B7U,65033B7V,65033BGU,65035B7U,65035B7V,65035BGU,65035BGV,67059V8U e 67059V8V

O consumidor que tiver uma bateria que precisa do recall não deve utilizá-la mais e usar o notebook apenas conectado diretamente a rede de energia elétrica. Para mais informações a HP disponibiliza o telefone (11) 4004-7751 ou 3613-4047, para quem está em São Paulo, e para as demais localidades 0800-709-7751.

Tudo o que sabemos sobre:
recallHPbaterias

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.