Produção agrícola mundial diminuirá, apontam FAO e OCDE

Elevação dos custos de produção, limitada expansão das áreas cultiváveis e maiores pressões ambientais devem pesar

Agência Estado,

06 de junho de 2013 | 14h55

SÃO PAULO - O ritmo de crescimento da produção agrícola mundial deve diminuir na próxima década para 1,5% ao ano - aponta relatório da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO) e da Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE). Entre 2003 e 2012, o aumento foi de 2,1% ao ano.

Entre os fatores responsáveis por essa desaceleração, o relatório cita a elevação dos custos de produção, a limitada expansão das áreas cultiváveis e maiores pressões ambientais. Apesar disso, a FAO e a OCDE consideram que a oferta de produtos agrícolas acompanhará a demanda.

"A América Latina, especialmente o Brasil, segue sendo um importante centro de crescimento da produção agrícola e espera-se que, junto com o Leste Europeu, seja um dos importantes provedores dos mercados agrícolas na próxima década", disse Mário Mengarelli, oficial do Programa de Campo da FAO na região.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.