Produção de aço da China fica estável em abril

A produção de aço bruto da China se manteve relativamente estável em 43,41 milhões de toneladas em abril frente ao mês anterior, refletindo reduções limitadas na oferta apesar da atividade econômica mais lenta no país.

REUTERS

13 de maio de 2009 | 11h46

A produção mensal de aço bruto em abril recuou 4 por cento em relação ao mês passado, informou o Escritório Nacional de Estatísticas nesta quarta-feira. Em base diária, a produção atingiu 1,447 milhão de toneladas, ante 1,455 milhão de toneladas em abril.

O órgão, junto com dados de produção das maiores usinas siderúrgicas fornecidos pela Associação de Ferro e Aço da China, mostrou que as taxas de produção em companhias de médio e pequeno porte aumentaram ainda mais em abril, disse Hu Yanping, analista da consultoria Umetal.com.

"Tamanha produção alta pressionará os preços num futuro próximo, à medida que a economia e a demanda ainda não se recuperaram, apesar de alguns sinais positivos de planos de suporte do governo", acrescentou Hu.

A produção de bobina laminada a quente, considerada um produto de alto valor agregado, caiu 35 por cento em abril sobre março, enquanto a de barras de reforço, usadas em construção, subiu levemente, apontaram dados oficiais.

"Algumas usinas estão ajustando a estrutura da sua produção, reduzindo volume de produtos não lucrativos, embora tenham mantido alto fornos em funcionamento", disse Henry Liu, analista do Macquarie Bank.

A produção de carvão bruto em abril retrocedeu 1,6 por cento frente ao mês anterior, para 229,8 milhões de toneladas, informou o Escritório Nacional de Estatísticas.

A China produziu 827,8 milhões de toneladas de carvão nos primeiros quatro meses deste ano, volume 6,8 por cento superior em comparação ao mesmo período do ano passado, mostraram dados do órgão.

Tudo o que sabemos sobre:
SIDERURGIAACOCHINA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.