Produção de aço no Brasil fica estável em julho ante junho

Setor produz 2,9 milhões de toneladas no mês, elevação de 0,1% em relação a junho e de 14,3% ante igual mês em 2009

Alessandra Saraiva, da Agência Estado

30 de agosto de 2010 | 13h28

O Instituto Aço Brasil (IABR) divulgou nesta segunda-feira, 30, que a produção brasileira de aço bruto em julho de 2010 foi de 2,9 milhões de toneladas, o que representa uma elevação de apenas 0,1% em relação a junho; e aumento de 14,3% quando comparada com igual mês em 2009. Na comparação com junho deste ano, o instituto entende que houve uma "estabilidade" na produção brasileira de aço. Em relação aos laminados, a produção de julho foi de 2,4 milhões de toneladas, 4,7% superior na comparação com junho, e 28,6% acima do registrado em julho do ano passado.

Ainda segundo o instituto, com esse resultado de julho, a produção acumulada em 2010 totalizou 19,2 milhões de toneladas de aço bruto e 15,5 milhões de toneladas de laminados, o que conduziu a aumentos de 47,3% e de 53,7%, respectivamente, contra igual período no ano passado.

Quanto às vendas internas, o desempenho de julho foi de 1,9 milhões de toneladas de produtos, uma queda de 6,3% contra junho. Porém, as vendas subiram 31,3% quando comparadas com julho de 2009. As vendas acumuladas em 2010 totalizaram 12,7 milhões de toneladas, o que representou um crescimento de 52,3% contra igual período do ano passado.

Já as vendas das usinas para o mercado externo totalizaram 501,8 mil toneladas em julho, o que representa um recuo de 35% contra julho de 2009. As vendas para o mercado externo representam as vendas já faturadas das usinas siderúrgicas do País.

Ainda segundo o instituto, as vendas de laminados para o mercado externo caíram 48,8% em julho deste ano contra julho do ano passado, somando 184,8 mil toneladas.

Tudo o que sabemos sobre:
AçoSiderurgia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.