Produção de laranja cresce fora de SP

São Paulo, 20 - O perfil da citricultura brasileira mudou na última década. Além da migração do cultivo para o sudoeste de São Paulo, maior produtor brasileiro, as regiões Sul e Nordeste têm cada vez mais participação na produção brasileira de laranja.Dados do Intituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), apresentados em estudo da Associação Brasileira dos Exportadores de Cítricos (Abecitrus), mostram que os citros deixaram de ser uma cultura essencialmente paulista. Por meio de transferência de tecnologia da indústria processadora de suco de laranja de São Paulo, cerca de 8% ou 100 mil toneladas exportadas da bebida são de outros Estados, o que fomenta o desenvolvimento dos novos pólos regionais.Segundo a Abecitrus, entre os triênios 1995/1997 e 2005/2007, a área de laranja em Sergipe cresceu 26,6% e a produção, hoje em 18,3 milhões de caixas, aumentou 15,1%. Na Bahia, a produção estimada em 21 milhões de caixas por safra, saltou 29,6% em igual período. As informações são do O Estado de S. Paulo

Gustavo Porto

15 de julho de 2007 | 11h55

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.