Produção de veículos em outubro cai 9% em relação a 2013

Na comparação com setembro, queda foi de 2,5%; no ano, a retração é de 16%

Igor Gadelha , Agência Estado

06 de novembro de 2014 | 12h33

A produção de automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus no mercado brasileiro somou 293.328 unidades em outubro, perfazendo recuo de 9% na comparação com o mesmo mês de 2013. Sobre setembro passado, a queda foi de 2,5% - divulgou há pouco a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea). No ano, a produção acumula retração de 16%, sobre igual período do ano passado (de janeiro a outubro).

Considerando apenas automóveis e comerciais leves, a produção em outubro chegou a 278.239 unidades, baixa de 2,8% na comparação com setembro e recuo de 7,5% ante outubro de 2013. No mês passado, foram produzidos 217.403 automóveis e 60.836 comerciais leves.

A produção de caminhões, por sua vez, atingiu 12.394 unidades em outubro, alta de 5,2% na comparação com setembro e recuo de 32,4% ante outubro de 2013. No caso dos ônibus, foram produzidas 2.695 unidades em outubro, queda de 3% na comparação com setembro e recuo de 22,6% ante outubro do ano passado.

Já as vendas de automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus atingiram juntas 306.859 unidades em outubro, com alta de 3,6% na comparação com setembro e recuo de 7,1% ante outubro de 2013. No acumulado de janeiro a outubro deste ano, os emplacamentos chegaram a 2.833.333 unidades, baixa de 8,9% sobre igual período do ano passado. 

Levando em conta apenas automóveis e comerciais leves, as vendas em outubro chegaram a 291.804 unidades, alta de 3,2% na comparação com setembro  e recuo de 7% ante outubro de 2013. No mês passado, foram vendidos 217.176 automóveis e 74.628 comerciais leves.

As vendas de caminhões, por sua vez, atingiram 12.172 unidades em outubro, alta de 8,6% na comparação com setembro e recuo de 9,1% ante outubro de 2013. No caso dos ônibus, foram vendidos 2.883 unidades em outubro, alta de 30,9% na comparação com setembro e queda de 1,9% ante outubro do ano passado. 

Empregos. O setor automotivo encerrou o mês de outubro com 147.011 empregados, queda de 0,5% na comparação com setembro e recuo de 7,9% ante outubro de 2013. 

O segmento de autoveículos registrou retração de 0,3% em outubro na comparação com o mês anterior no total de empregados, somando 127.842 pessoas. Em relação a outubro do ano passado, a queda foi de 7,2%.

O segmento de máquinas agrícolas teve recuo de 1,6% no número de empregados, na comparação com setembro, e baixa de 12,4% na comparação com outubro de 2013, para 19.169 funcionários.

IPI. Apesar do desejo da maioria das montadoras de prolongar a redução do IPI em 2015, o presidente da Anfavea, Luiz Moan, afirmou que a decisão do governo é de que o decreto que prevê o fim do benefício em 31 de dezembro deste ano será cumprido. Ele afirmou que já teve "algumas reuniões" com o governo após as eleições e que "o posicionamento do Executivo é claro: a partir de janeiro, terá aumento do IPI". Moan informou, contudo, que vai lutar sempre pela redução da carga tributária para o setor.

Tudo o que sabemos sobre:
industria automotivaindustriacarros

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.