Produção industrial cai em 9 locais em julho, diz IBGE

Os destaques foram as quedas acentuadas em São Paulo, de 4,1%, e Pernambuco, recuo de 2,3% 

Antonio Pita, da Agêncai Estado,

06 de setembro de 2013 | 09h46

A produção industrial recuou em 9 dos 14 locais pesquisados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) na passagem de junho para julho, informou o instituto nesta sexta-feira, 6, ao divulgar a Pesquisa Mensal de Produção Física - Regional (PIM-PF - Regional) referente ao mês de julho. Os destaques foram as quedas acentuadas em São Paulo, de 4,1%, e Pernambuco, recuo de 2,3%. A média nacional de queda na indústria regional foi de 2%. O Pará e o Paraná apresentaram avanços maiores, de 3% e de 1,9% respectivamente.

Na comparação com julho de 2012, houve avanço de 2% na produção industrial regional, alta verificada em 12 dos 14 locais pesquisados. Os destaques foram as altas de Rio Grande do Sul (13,8%), e na Bahia (13,4%). As únicas quedas na comparação com julho de 2012 foram registradas em Minas Gerais (-1,3%) e no Espírito Santo (-4,6%).

No acumulado de 2013, segundo a pesquisa do IBGE, 11 locais tiveram expansão na produção, com média nacional de 2%. Os destaques são Bahia (7%) e Rio Grande do Sul (6%). Nesses locais, segundo o IBGE, as altas estão associadas ao aumento na fabricação de bens de capital e de bens de consumo duráveis, além da maior produção dos setores de refino de petróleo e produção de álcool.

Tudo o que sabemos sobre:
produção industrialIBGE

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.