Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Produção industrial da Argentina cresce 7,9% em julho

Economistas ouvidos na mais recente pesquisa do Banco Central da Argentina previam um crescimento maior, de 8,6%

Renato Martins, da Agência Estado,

20 de agosto de 2010 | 16h16

O Instituto Nacional de Estatística e Censo da Argentina (Indec) informou que a produção industrial do país cresceu 7,9% em julho, em relação a julho de 2009. Economistas ouvidos na mais recente pesquisa do Banco Central da Argentina previam um crescimento maior, de 8,6%. No primeiro trimestre, a produção industrial da Argentina havia crescido 10,1% em relação ao mesmo período do ano passado.

O Indec informou que o índice de atividade econômica recuou 0,6% em junho, em relação a maio, mas cresceu 11,1% em comparação com maio do ano passado. O índice de atividade serve de indicação para o desempenho do PIB, que é divulgado apenas a cada trimestre.

Economistas ouvidos na mais recente pesquisa do Banco Central da Argentina previam um crescimento anual de 10% em junho. O dado já havia sido antecipado no começo da semana pela presidente da Argentina, Cristina Kirchner.

As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.