Produção industrial do Japão cai 1,5% em junho

Núcleo do índice de preços ao consumidor caiu 1% em doze meses, em mais um sinal de que a economia do país permanece na mira da deflação

Danielle Chaves e Hélio Barboza, da Agência Estado,

30 de julho de 2010 | 08h26

A produção industrial do Japão caiu inesperadamente em junho, de acordo com dados divulgados pelo governo nesta sexta-feira. Os números despertam o receio de que a recuperação econômica do país possa estar perdendo impulso.

A produção industrial diminuiu 1,5% em junho na comparação com o mês anterior, em parte por causa do declínio na produção de automóveis e de dispositivos eletrônicos, disse o Ministério da Economia, Comércio e Indústria. O resultado ficou muito abaixo do previsto pelos economistas, que estimavam crescimento de 0,1%, e marcou a primeira queda em quatro meses. Em maio, a produção industrial havia registrado crescimento mensal de 0,1%.

Inflação

O núcleo do índice de preços ao consumidor (CPI) do Japão caiu 1,0% em junho, na comparação com junho do ano passado, segundo dados do governo, em mais um sinal de que a economia do país permanece na mira da deflação, apesar da recuperação.

A queda marcou o 16º mês seguido de declínio, mas foi levemente melhor do que a média das estimativas dos analistas ouvidos pela Dow Jones, que era de queda de 1,1%. O núcleo do CPI, que exclui os preços voláteis dos alimentos, havia recuado 1,2% em maio e 1,5% em abril.

O núcleo do CPI da área metropolitana de Tóquio - um indicador antecedente das tendências nacionais - caiu 1,3% em julho, de acordo com o Ministério de Relações Internas e Comunicações japonês, levemente pior do que a queda de 1,2% esperada.

As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
produção industrialJapão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.