Produção mundial de aço cresce 0,9% em setembro

Em relação a setembro de 2008, quando a crise econômica global começou a afetar a produção de aço, a produção mostrou alta de 3,5%

Regina Cardeal, da Agência Estado,

21 de outubro de 2010 | 12h26

A produção de aço global subiu levemente em setembro sobre igual mês do ano passado, enquanto a produção de China e Brasil registrou retração, informou a Associação Mundial do Aço. A produção mundial no mês passado totalizou 112 milhões de toneladas, o que representa um aumento de 0,9% na comparação com setembro de 2009. Em relação a setembro de 2008, quando a crise econômica global começou a afetar a produção de aço, a produção mostrou alta de 3,5%.

Na China, maior produtor de aço do mundo, a produção caiu 5,9% para 47,9 milhões de toneladas em relação a setembro de 2009. No Brasil, houve queda de 1,2% para 2,7 milhões de toneladas.

A utilização da capacidade instalada de aço nos 66 países da associação subiu levemente para 74,4% em setembro, de 73,3% em agosto. O uso da capacidade, no entanto, ficou 3,8 pontos porcentuais abaixo do dado de setembro do ano passado.

O Japão produziu 9,2 milhões de toneladas em setembro, um aumento de 11,7% em relação ao mesmo mês do ano passado, enquanto a Coreia do Sul produziu 4,7 milhões de toneladas, um alta de 3,2%. Os EUA produziram 6,6 milhões de toneladas, um aumento de 15%.

Na União Europeia, a Alemanha produziu 3,3 milhões de toneladas, um aumento de 4,1%. A Itália produziu 2,3 milhões de toneladas, crescimento de 19,8%. Na Espanha, a produção foi de 1,4 milhão de toneladas, um declínio de 1,2% na comparação com setembro de 2009.

A Turquia produziu 2,5 milhões de toneladas, alta de 17,9% sobre setembro de 2009.

As informações são da Dow Jones. 

Tudo o que sabemos sobre:
açoproduçãoChinasiderurgia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.