Programa trará retorno de até US$ 3,3 bi para Petrobras

O Programa de Aumento de Eficiência Operacional da Bacia de Campos da Petrobras irá gerar retorno de US$ 1,3 bilhão a US$ 3,3 bilhões, de 2012 a 2016, afirmou nesta segunda-feira a gerente executiva de Engenharia da Produção da empresa, Solange Guedes.

FERNANDA NUNES, Agencia Estado

30 de julho de 2012 | 15h29

O dispêndio total será de US$ 5,6 bilhões, dos quais US$ 1 bilhão já estão provisionados. Os demais US$ 4,6 bilhões entram na conta de custeio da empresa.

"O dispêndio em ativo maduro terá retorno imediato. A instalação já está no campo, em funcionamento. Novos recursos e tecnologias serão aportados até chegarmos a números considerados suficientes", afirmou Solange, em entrevista à imprensa para detalhar o programa, na sede da companhia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.