Proposta da Fiat pela GM inclui América Latina, revelam documentos

A proposta da Fiat de um acordo para adquirir ativos da General Motors pode gerar uma economia anual de cerca de 1,4 bilhão de euros (1,9 bilhão de dólares) após 2015, de acordo com documentos obtidos pela Reuters.

REUTERS

07 de maio de 2009 | 12h25

O acordo incluiria a GM Europe e também unidades da montadora na América do Sul e na África do Sul, segundo slides de uma apresentação.

A capacidade ociosa da produção de veículos seria controlada através de um ajuste progressivo, assim como por meio do fechamento de fábricas, mas elas não incluem unidades na Alemanha.

(Reportagem de Maria Sheahan)

Tudo o que sabemos sobre:
AUTOSFIATGMAQUISICAO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.