PT impôs cláusula que impede alterações no controle da Oi, diz fonte

'Os portugueses garantiram um horizonte de cinco anos sobre o qual vão trabalhar', afirma fonte ligada às negociações  

Karla Mendes, da Agência Estado,

30 de julho de 2010 | 19h08

A cláusula que impede alterações no bloco de controle da Oi até 2015 foi imposição da Portugal Telecom (PT) para sacramentar a operação, segundo uma fonte que acompanhou as negociações do lado da operadora brasileira. "Os portugueses garantiram um horizonte de cinco anos sobre o qual cenário vão trabalhar. Por cinco anos, a sociedade é real", ressaltou.

Segundo essa fonte, essa garantia é fundamental para os portugueses, já que a PT não se sustenta sozinha no mercado. "Eles não têm por onde crescer na Europa. Se não investissem no Brasil, poderia ser o fim deles", observa. "A vantagem real é que a PT não vai concorrer com a Oi, que é bem maior que ela. A legislação brasileira é tão rígida, que ela não conseguiria concorrer sozinha", afirma.

 
Tudo o que sabemos sobre:
PTOitelecomunicações

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.