Qantas desiste de abrir nova companhia aérea na Ásia

A companhia aérea australiana Qantas Airways deve abandonar seu plano de estabelecer uma nova empresa premium na Ásia, de acordo com o jornal Australian Financial Review. Executivos da Qantas vão arquivar os projetos de desenvolvimento de uma subsidiária em Cingapura e Kuala Lumpur (Malásia), que exigiriam um investimento de milhões de dólares. Em vez disso, a Qantas deve priorizar uma aliança de menor risco com a Malaysia Airlines.

FILIPE DOMINGUES, Agencia Estado

27 de novembro de 2011 | 21h04

As duas companhias aéreas estão trabalhando numa carta de intenção para a criação da nova parceria. A expectativa é de que uma aliança de partilha de códigos (code-sharing) permita o agendamento, o comércio e a precificação conjunta após seis a nove meses do acordo fechado, segundo o jornal. A Qantas vai interromper as conversas com o governo de Cingapura e com um investidor local, que teria 51% de participação na nova subsidiária. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
AustráliaaviaçãoQantas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.