Queda de vendas de veículos influencia indústria em janeiro

De acordo com a Fiesp, o total de vendas reais da indústria da transformação registrou queda de 2,9% em janeiro

Anne Warth, da Agência Estado,

24 de fevereiro de 2011 | 13h07

A queda nos financiamentos para venda de veículos no último mês foi a principal responsável pelo resultado do Indicador de Nível de Atividade (INA) da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp). Em janeiro o INA registrou uma alta de 0,3% com ajuste na comparação com dezembro. Já o INA do setor de veículos automotores teve uma queda de 3,4% em janeiro ante dezembro com ajuste sazonal.

De acordo com a Fiesp, o total de vendas reais da indústria da transformação registrou queda de 2,9% em janeiro ante dezembro com ajuste sazonal. Já as vendas reais do setor de veículos automotores registrou queda de 7,3% no mesmo período. Segundo o diretor titular adjunto do Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos da Fiesp, Walter Sacca, a queda nas vendas está relacionada a diminuição do comércio de veículos no País.

"A redução no volume de financiamentos no mês de janeiro foi muito significativa, em torno de 16,2%", afirmou. Conforme a Fiesp, o total de horas trabalhadas na produção registrou crescimento de 0,5% em janeiro ante dezembro com ajuste na indústria da transformação. Já no setor de veículos automotores,as horas trabalhadas na produção caíram 5% no mesmo período.

Entre os setores que tiveram destaque positivo no mês passado, está o de metalurgia básica, cujo INA registrou um crescimento de 6,1% em janeiro ante dezembro com ajuste sazonal, bem acima da média da indústria. De acordo com Sacca, o resultado reverte o "tombo" que o setor levou em dezembro, com queda de 4% no nível de atividade. No mês, o setor registrou aumento nas vendas reais (5,1% ante dezembro com ajuste) e nas horas médias trabalhadas (1,7% no mesmo período).

O setor de máquinas e equipamentos também registrou aumento acima da média no nível de atividade, de 3,5% em janeiro ante dezembro com ajuste sazonal. Segundo Sacca, o setor também mostrou recuperação, uma vez que caiu 2% no mês anterior.

Tudo o que sabemos sobre:
financiamentoveículosindústria

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.