Queda do petróleo anima varejo e bolsas nos EUA sobem

As bolsas de valores dos Estados Unidos fecharam a sexta-feira com fortes ganhos, revertendo a tendência negativa de grande parte do dia, com os investidores apostando que o amplo declínio dos preços do petróleo impulsionará o gasto do consumidor. O movimento animou as ações do varejo e contrabalançou a demissão de mais de meio milhão de pessoas no país em novembro. Os papéis do Wal-Mart subiram 5,6 por cento, sendo o destaque no Dow Jones. O índice Dow Jones avançou 3,09 por cento, a 8.635 pontos. O Standard & Poor's 500 subiu 3,65 por cento, a 876 pontos. O Nasdaq saltou 4,41 por cento, a 1.509 pontos. (Por Chris Sanders)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.