Radler atinge 0,4% do volume da Kaiser, diz Heineken

A fabricante de bebidas Heineken Brasil informou que as vendas em volume da Kaiser Radler, uma mistura de cerveja com suco natural de limão lançada no mercado brasileiro em outubro, já alcançou 0,4% do volume da Kaiser. "A participação de mercado da marca Kaiser nas praças-foco já chegou a 11,9% em fevereiro deste ano. Deste total, 0,4% do volume é representado por Kaiser Radler. A participação de mercado de Radler cresceu 123% de janeiro a fevereiro deste ano", declarou a empresa, em nota.

SUZANA INHESTA, Agencia Estado

27 de março de 2014 | 20h33

Na ocasião da coletiva de imprensa de lançamento da Radler, a Heineken apostava que a bebida impulsionaria as vendas do final de 2013 e do início deste ano e que tem potencial de chegar a 10% do volume da Kaiser vendida no Brasil, porcentual igual ao de países onde a Radler é comercializada.

A companhia também informou, no comunicado desta quinta-feira, que a receita alemã, criada em 1992, lidera o ranking de países que mais consomem Radlers produzidas pela Heineken desde 2007, à frente de países como Áustria e Polônia. "A cada três radlers da Cervejaria vendidas no mundo, uma é brasileira", ressaltou a fabricante. O Brasil é responsável por 60% da produção de receita Radler em uma lista de 29 novos países que vendem a bebida.

Tudo o que sabemos sobre:
HeinekenKaiserRadlervendas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.