Receita da petrolífera chinesa Cnooc sobe 59% no 1º trimestre

Maior companhia offshore de petróleo e gás da China atribuiu resultado ao aumento da produção e dos preços internacionais do petróleo

Clarissa Mangueira, da Agência Estado,

27 de abril de 2011 | 10h40

A Cnooc, a maior companhia offshore de petróleo e gás da China em produção, reportou um aumento de 59% da sua receita no primeiro trimestre, em bases anuais, devido ao aumento da produção e dos preços internacionais do petróleo.

A receita da companhia totalizou 48,51 bilhões de yuans (US$ 7,37 bilhões), ante 30,49 bilhões de yuans no primeiro trimestre de 2010, enquanto os preços do petróleo subiram aproximadamente 30% nos primeiros três meses deste ano.

Com parte dos planos para reduzir a crescente dependência da China das importações de petróleo devido ao contínuo crescimento econômico do país, a Cnooc juntou-se a outras grandes empresas produtoras de petróleo chinesas na promessa de elevar a produção de petróleo e gás em 2011.

A companhia não forneceu os números do lucro líquido para o primeiro trimestre.

A Cnooc, uma unidade da China National Offshore Oil Corp. - a terceira maior companhia de petróleo do país em ativos -, afirmou que sua produção de petróleo e gás natural aumentou 27% no primeiro trimestre. A companhia produziu 85,2 milhões de barris de petróleo equivalente, ante 67,3 milhões de barris no mesmo período do ano passado. O preço médio de venda do petróleo produzido pela companhia seguiu o mercado internacional e tiveram alta de 33%, para US$ 99,98 o barril.

Os investimentos da companhia cresceram 10,3% no primeiro trimestre, para 6,4 bilhões yuans, de 5,8 bilhões de yuans no mesmo período do ano passado. A Cnooc gastou pelo menos US$ 8,29 bilhões em 2010 em aquisições na América Latina e nos EUA. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
CnoocpetróleoprodutopreçosChina

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.