Receita do BG Group cresce 8,8%, mas lucro cai 77%

O lucro do BG Group, que é a terceira maior companhia de petróleo e gás em valor de mercado do Reino Unido, despencou 77% no segundo trimestre deste ano, para US$ 283 milhões. Após ajustes por fatores extraordinários, o ganho foi de US$ 1,07 bilhão, de US$ 1,12 bilhão no mesmo período do ano passado, um valor 5% mais baixo do que a previsão de US$ 1,13 bilhão dos analistas ouvidos pela Dow Jones. A receita cresceu 8,8%, para US$ 5,57 bilhões.

DANIELLE CHAVES, Agencia Estado

26 de julho de 2012 | 11h55

Os resultados foram afetados por uma baixa contábil após impostos de US$ 1,3 bilhão em seus ativos de gás natural nos EUA. No entanto, o importante negócio internacional de gás natural liquefeito da empresa continuou tendo bom desempenho e o lucro da divisão em todo este ano deverá ficar no topo da faixa prevista, de US$ 2,6 bilhões a US$ 2,8 bilhões, segundo o executivo-chefe, Frank Chapman.

A produção total de petróleo e gás da BG somou 673 mil barris de óleo equivalente por dia (boe/dia), um aumento de 4% sobre o segundo trimestre do ano passado. Analistas previam uma produção de 664 mil boe/dia. A companhia afirmou que a produção no fim deste ano deverá ser de 720 mil boe/dia, abaixo da previsão anterior de 750 mil boe/dia.

Os projetos da BG no Brasil e na Austrália, que são os principais motores do valor e do crescimento da empresa, permanecem no caminho certo, o que os analistas dizem ser um fator positivo. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
BG Groupbalançosegundo trimestre

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.