Recursos captados pelo Itaú Unibanco atingem R$ 1 tri

O Itaú Unibanco bateu uma marca histórica em 2010. Os recursos próprios livres, captados e administrados atingiram o saldo de R$ 1 trilhão em dezembro, segundo informou hoje o banco. Na comparação com o mesmo mês do ano anterior, houve expansão de 18,3%. Este total inclui R$ 317,7 bilhões de depósitos e captações com clientes, R$ 363,8 bilhões de fundos de investimentos e carteiras administradas e R$ 329,7 bilhões em recursos de previdência, operações compromissadas, capital de giro próprio e outras captações.

ALTAMIRO SILVA JÚNIOR, Agencia Estado

22 de fevereiro de 2011 | 10h31

Na manhã de hoje, o banco informou que registrou um lucro líquido de R$ 3,890 bilhões no quarto trimestre de 2010, o que indica uma alta de 21% ante o mesmo período do ano anterior. Já o lucro líquido recorrente do banco foi de R$ 3,4 bilhões no período, com elevação de 20,87%. O retorno sobre o patrimônio líquido médio anualizado fechou o trimestre passado em 26,3%, ante 25,8% em igual intervalo de 2009. A receita bruta da intermediação financeira do banco ficou em R$ 9,525 bilhões, ante R$ 8,269 bilhões no terceiro trimestre.

No acumulado de 2010, o Itaú Unibanco registrou um lucro líquido de R$ 13,3 bilhões, o que indica uma alta de 32,3% na comparação com o ano anterior. Já o lucro líquido recorrente do banco foi de R$ 13 bilhões, o que representa um aumento de 24,1%. O banco encerrou o ano passado com ativos totais de R$ 755,1 bilhões, uma expansão de 24,1% em 12 meses. O patrimônio líquido atingiu R$ 60,9 bilhões, um valor 20,1% maior que o registrado em 2009.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.