Redução de IPI sobre móveis terá impacto fiscal de R$ 314 mi em 2010

Segundo assessores do ministério da Fazenda, medida não deve prejudicar cumprimento da meta do superávit primário

Renata Veríssimo e Fabio Graner, da Agência Estado,

26 de março de 2010 | 19h17

A Receita Federal informou nesta sexta-feira, 26, que o valor da desoneração fiscal em função da revisão da tabela de IPI sobre móveis e painéis de madeira é de R$ 34,88 milhões por mês. Isso significa que o impacto em 2010 será de R$ 314 milhões, já que a medida entra em vigor no dia 1º de abril.

 

Assessores do ministério da Fazenda garantem que a medida não prejudicará o cumprimento da meta de superávit primário deste ano. Uma fonte do governo garantiu que outros setores, com desonerações que terminam no dia 31 de março, não terão medidas alternativas como a do setor moveleiro. Está previsto para a próxima quarta-feira (31) o término da redução do IPI para veículos flex ou a álcool e a isenção de Cofins para motos de até 150 cilindradas.

 

O ministério da Fazenda anunciou hoje a redução definitiva de 10% para 5% da alíquota de IPI para móveis, painéis de madeira, aglomerados de madeira e placas laminadas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.