Reguladores da UE vão aprovar compra da SPX pela Bosch--fontes

Reguladores da União Européia estão prestes a aprovar a venda dos negócios de serviços automotivos do conglomerado de empresas SPX para a maior fabricante de peças automotivas do mundo, a Robert Bosch , por 1,15 bilhão de dólares, disse nesta segunda-feira uma pessoa familiarizada com a situação.

REUTERS

25 de junho de 2012 | 15h52

Um executivo da comissão da União Europeia tem examinado o acordo desde 21 de maio, e estabeleceu como prazo final o dia 26 de junho para sua decisão.

"A comissão está pronta para aprovar o acordo incondicionalmente", disse a fonte, que não quis ser identificada devido à sensibilidade do tema.

Enquanto a comissão não quis comentar o caso, o porta-voz da Robert Bosch afirmou: "Estamos muito felizes".

A SPX, que fabrica filtros e bombas utilizadas na produção de líquidos para indústrias que vão do segmento de petróleo a bebidas, equipamentos para transformadores elétricos e torres de refrigeração para usinas de energia, está vendendo a unidade para concentrar-se em seu negócio principal.

Ela também planeja usar os recursos para amortizar dívidas e recomprar ações. A aquisição vai impulsionar a presença da Bosch, sediada na Alemanha, no mercado de diagnose automotiva nos Estados Unidos.

A unidade de ferramentas automotivas da SPX representa cerca de 15 por cento de sua receita, com operações nos Estados Unidos, Alemanha, França e China. A companhia compete com a General Eletric (GE), com o grupo alemão de engenharia GEA e com a suíça ABB.

(Por Foo Yun Chee)

Tudo o que sabemos sobre:
AUTOSBOSCHSPXLEGAL*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.