Relação dívida/ PIB deve cair para 41,5% em agosto, diz Altamir

Em julho, a taxa era de 41,7%

Fabio Graner e Fernando Nakagawa, da Agência Estado,

26 de agosto de 2010 | 11h55

O chefe do Departamento Econômico do  Banco Central, Altamir Lopes, disse que a relação dívida líquida/PIB deve cair em agosto para 41,5%. Em julho, a taxa era de 41,7%.

A projeção para este mês considera a taxa de câmbio de R$ 1,76, com depreciação de 0,20% ante o fechamento de julho. Como o Brasil é credor em dólar, a desvalorização do real favorece a dinâmica da dívida.

Altamir destacou que, em julho, a valorização do real foi determinante para a alta da dívida ante maio. Para o fim do ano, o BC projeta a relação dívida líquida PIB em 39,6%. O chefe do Depec também projetou que a dívida bruta deve se manter em 60,1% do PIB em agosto.

Tudo o que sabemos sobre:
dívidaPIB

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.