Rodolfo Buhrer / Renault / Fotoarena
Rodolfo Buhrer / Renault / Fotoarena

Renault, Nissan e Mitsubishi se unem para investir em veículos elétricos

As empresas planejam ter 35 novos modelos de veículos elétricos e um total de 220 gigawatts-hora (GWh) de capacidade de produção de baterias em seus principais locais de produção no mundo até 2030

Redação, O Estado de S.Paulo

27 de janeiro de 2022 | 12h04

As montadoras Renault, Nissan e Mitsubishi Motors pretendem investir 23 bilhões de euros em tecnologia para veículos elétricos nos próximos cinco anos. O investimento faz parte de um plano anunciado nesta quinta-feira, 27, pelos parceiros da aliança franco-nipônica, que atualiza a estratégia do grupo para veículos elétricos.

As empresas planejam ter 35 novos modelos de veículos elétricos e um total de 220 gigawatts-hora (GWh) de capacidade de produção de baterias em seus principais locais de produção no mundo até 2030, segundo comunicado conjunto. Por volta das 8h30 (de Brasília), a ação da Renault saltava 3,2% na Bolsa de Paris.

No Brasil, a Renault anunciou que terá quatro veículos 100% elétricos: Zoe, Kwid, Kangoo e Master. No entanto, a empresa não vai vender um modelo SUV por considerar que o preço ficaria fora da realidade do País.

O mercado brasileiro de carros eletrificados (considerando automóveis elétricos, híbridos plug-in e híbridos) cresceu 77% no ano passado ante 2020. Foram vendidas 34.990 unidades, entre as quais, 2.850 eram 100% elétricas. Nesse nicho, o salto anual foi de 255%, de acordo com dados da Associação Brasileira do Veículo Elétrico (ABVE). 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.