Repsol deve vender mais títulos da dívida argentina

A Repsol concordou em vender a quase totalidade dos títulos da dívida do governo argentino que detém como compensação pela nacionalização de sua unidade argentina. A empresa espanhola está tentando acumular caixa para uma futura aquisição.

Agencia Estado

14 de maio de 2014 | 13h25

A Repsol disse que venderá cerca de US$ 2 bilhões dos títulos para uma unidade do J.P. Morgan Chase. O negócio vem na sequência da decisão do J.P. Morgan de comprar uma tranche de bônus da Repsol por US$ 2,8 bilhões na semana passada.

Após os dois negócios, a carteira de títulos argentinos da Repsol vale apenas US$ 117,4 milhões, assinalou a empresa.

A Repsol recebeu os títulos na semana passada, após longas negociações com o governo de Buenos Aires. Em 2012, a Argentina tomou e nacionalizou uma unidade local da Repsol, YPF, que é a maior empresa de petróleo e gás argentina em termos de produção. A Repsol desafiou a medida em cortes internacionais.

A empresa espanhola disse anteriormente que os recursos obtidos com a venda serão adicionados ao caixa da Repsol e usados principalmente para posteriores aquisições. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
Repsol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.