Repsol e Sinopec concluem criação de empresa no Brasil

Nova companhia operará as atividades brasileiras de petróleo e gás natural

Nicola Pamplona, Agência Estado

28 de dezembro de 2010 | 15h06

A Repsol informou nesta terça-feira, 28, que concluiu hoje o processo de criação de uma nova empresa em conjunto com a chinesa Sinopec para operar as atividades brasileiras de petróleo e gás natural. A nova companhia, chamada de Repsol Sinopec Brasil, é fruto da união dos ativos brasileiros das duas empresas, além de um aporte de US$ 7,1 bilhões da Sinopec.

A Repsol terá 60% da Repsol Sinopec Brasil, companhia com valor de US$ 17,7 bilhões. Segundo comunicado da companhia espanhola, a divisão do Conselho de Administração será equivalente à fatia de cada acionista - o presidente é Nemésio Fernandez-Cuesta, diretor-geral de exploração e produção da Repsol Brasil. "Os fundos aportados na operação permitirão à Repsol Brasil o desenvolvimento total de sua carteira de ativos, entre os quais figuram algumas das mais importantes descobertas realizadas no mundo nos últimos anos. O offshore brasileiro é uma das áreas de maior crescimento em reservas de hidrocarbonetos do mundo", diz o texto.

Além do campo produtor de Albacora Leste, a Repsol Sinopec Brasil tem participação em 29 prospectos petrolíferos no país, incluindo importantes descobertas do pré-sal como Carioca e Guará.

Tudo o que sabemos sobre:
RepsolSinopecpetróleogás

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.