Rhodia retoma produção em Paulínia

A Rhodia, uma das maiores indústrias químicas do Brasil, retomou na quinta-feira, 20, as operações de sua unidade de Intermediários e Poliamida, no conjunto industrial de Paulínia. A fábrica localizada no interior de São Paulo estava com as atividades interrompidas há duas semanas por conta da baixa disponibilidade de água captada do rio Atibaia.

ANDRÉ MAGNABOSCO, Agencia Estado

21 de fevereiro de 2014 | 18h13

De acordo com a empresa, controlada pelo grupo Solvay, a melhora na vazão de água do rio nesta semana foi suficiente para viabilizar a retomada da produção local.

A água captada pela Rhodia é utilizada em seus processos produtivos, principalmente em sistemas de refrigeração. "A maior parte do total captado é devolvida para o rio, sem prejuízo para o abastecimento das comunidades", destacou a Rhodia em nota divulgada nesta sexta-feira, 21.

Tudo o que sabemos sobre:
Rhodia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.