Rio Tinto adia projeto de mina subterrânea da Mongólia

A Rio Tinto anunciou nesta segunda-feira que foi notificada pelo governo da Mongólia de que os termos de financiamento do projeto da mina subterrânea em Oyu Tolgoi terão de ser aprovados pelo Parlamento do país, que está atualmente em recesso de verão. Desta maneira, a mineradora anunciou que o projeto foi adiado temporariamente.

AE, Agencia Estado

29 de julho de 2013 | 07h45

A companhia afirmou, porém, que continua empenhada em trabalhar com o governo da Mongólia para assegurar o financiamento do projeto. Além disso, a Rio Tinto focará a gestão segura, eficiente e de baixo custo com o objetivo de proporcionar benefícios para todos os interessados na mina subterrânea. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
Rio Tintomina subterrânea

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.