Rio Tinto e russa Acron criam joint venture

A mineradora anglo-australiana Rio Tinto e a produtora russa de fertilizantes Acron assinaram um acordo para criar uma joint venture a fim de explorar potássio e potencialmente construir minas em conjunto no Canadá, disse a Acron, que vai participar da joint venture por meio de sua subsidiária canadense, a North Atlantic Potash.

RENAN CARREIRA, Agencia Estado

27 de setembro de 2011 | 13h17

As companhias vão explorar de modo conjunto potássio na parte sul de Saskatchewan, em uma área de 600 mil hectares, para a qual a North Atlantic detém permissão.

"Nós acreditamos fortemente que, junto com a experiência profissional e as capacidades financeiras que a Rio Tinto agrega a este projeto, seremos a próxima mina produtora no Canadá", disse, em um comunicado, o presidente da North Atlantic Potash, Arie Zuckerman. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
fertilizantesRio TintoAcron

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.