Rio Tinto: produção de minério de ferro cai 6%

A produção de minério de ferro da mineradora australiana Rio Tinto caiu 6% no primeiro trimestre deste ano, na comparação com os três meses imediatamente anteriores, para 66,4 milhões de toneladas. Ante o mesmo período do ano anterior, a produção subiu 8%.

Agencia Estado

14 de abril de 2014 | 20h49

A Rio Tinto explicou que o mau tempo em Pilbara, incluindo o ciclone tropical Christine, que fechou portos e operações ferroviárias costeiras no fim de dezembro, prejudicou os esforços para acelerar a produção na região. "Fortes chuvas associadas a esse ciclone e outras condições climáticas adversas em janeiro e fevereiro impactaram as operações nas minas, nas ferrovias e nos portos", disse a empresa, em comunicado.

A Rio Tinto manteve a expectativa de produzir 290 milhões de toneladas em Pilbara até o fim de junho, em base anualizada. A mineradora é a segunda maior produtora mundial de minério de ferro, atrás apenas da brasileira Vale.

A produção de cobre também foi menor, caindo 6% entre janeiro e março, na comparação trimestral. A produção em Escondida, mina de cobre no Chile compartilhada com a BHP Billiton e um consórcio japonês liderado pela Mitsubishi, recuou devido a uma piora na qualidade da commodity. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
Rio Tintominério de ferro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.