Rio Tinto registra lucro líquido de US$ 3,67 bi em 2013

Após registrar prejuízo em 2012, a Rio Tinto voltou a lucrar em 2013 com a ajuda da venda de ativos e de um corte de custo, à medida que a demanda da China por commodities, como o minério de ferro, continua forte. A segunda maior produtora de minério de ferro do mundo registrou lucro líquido de US$ 3,67 bilhões em 2013, frente a uma perda de US$ 3,03 bilhões em 2012.

AE, Agencia Estado

13 de fevereiro de 2014 | 06h49

O resultado ficou abaixo da mediana das previsões dos analistas consultados pelo The Wall Street Journal que era de lucro de US$ 7,59 bilhões no ano passado.

Os rendimentos provenientes do minério de ferro subiram 6,6% e contribuíram para que a mineradora elevasse o seu dividendo final para US$ 1,92 em 2013, de US$ 1,67 no ano anterior.

A Rio Tinto comunicou que reduziu os níveis de dívida líquida em US$ 1,1 bilhão, para US$ 18,1 bilhões no ano passado.

Em 2013, a mineradora produziu 266 milhões de toneladas de minério de ferro, o que representa um aumentou de 5% em relação ao produzido um ano antes. Deste total, 259 milhões de toneladas foram exportadas, incluindo a China. Fnte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
austráliario tintolucro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.