Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Rio Tinto rejeita BHP e detalha planos de crescimento

A Rio Tinto irá investir 2,4 bilhões dedólares em novas minas, vai elevar seus dividendos e gerarbilhões de dólares com a venda de ativos enquanto se defende daproposta de 120 bilhões de dólares feita pela rival BHPBilliton . "Enquanto a BHP pode precisar da Rio Tinto, a Rio Tinto nãonecessariamente precisa da BHP", afirmou o presidente executivoda Rio Tinto, Tom Albanese, em teleconferência de mídia, emLondres, nesta segunda-feira. A BHP tornou pública em 8 de novembro sua intenção decomprar a Rio Tinto e criar um mega grupo de mineração comvalor de mercado de aproximadamente 350 bilhões de dólares econtrole da maior parte do minério de ferro, cobre e alumíniodo mundo. Albanese reafirmou que a oferta da BHP fundamentalmentesubvalorizava a Rio Tinto. "O aumento na demanda global de minério é uma tendência queesperamos que continue por décadas, conduzida por elevações nosfundamentos demográficos e econômicos, especialmente emeconomias em desenvolvimento como China e Índia", pontuouAlbanese. O executivo afirmou também que, com as duas novas minas deferro na Austrália, a produção total dobrará para cerca de 430milhões de toneladas até 2018. A Rio Tinto também dever arcarcom mais da metade dos custo de mais de 500 milhões de dólaresde expansão de uma mina de diamante no Canadá.

JAMES REGAN, REUTERS

26 de novembro de 2007 | 10h08

Tudo o que sabemos sobre:
SIDERURGIARIOTINTOPLANOS

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.