Rolls Royce cogita nova rodada de investimentos no País

A Rolls Royce deve anunciar novos investimentos no País, segundo o presidente da empresa para América do Sul, Francisco Itzaina. Ele fez o comentário ao homologar construção de uma fábrica de turbinas para plataformas de petróleo hoje, no Rio de Janeiro, que terá investimentos de US$ 60 milhões, com possibilidade de iniciar operações no terceiro trimestre do ano que vem. "Estamos pensando no País, temos outra soma de dinheiro semelhante a essa para ser aplicado no País para investimento", afirmou hoje, no Palácio das Laranjeiras, ao lado do governador em exercício, Luiz Fernando Pezão.

ALESSANDRA SARAIVA, Agencia Estado

22 de junho de 2011 | 14h47

A nova unidade da Rolls Royce será construída em Santa Cruz, zona oeste do Rio. O executivo comentou que o valor inicial da unidade era em torno de US$ 40 milhões, mas este montante de investimentos cresceu após a empresa "agregar mais valor" à fábrica. Uma das ideias é preparar a unidade para não só atender a demanda interna por turbinas, mas também exportar para o mercado internacional. "Vamos montar todos os turbogeradores que sejam necessários no Brasil e talvez para exportação. Uma das possibilidades é deixar uma fábrica pronta para poder exportar", afirmou, acrescentando que o destino das vendas externas seria "para onde seja necessário". "Logisticamente faz sentido exportar para a África, que tem reservatórios semelhantes e outras regiões das Américas", acrescentou.

Sobre o recente acordo da marca com a companhia aérea TAM, o executivo preferiu não se aprofundar no assunto, e apenas reiterou o que a empresa já havia divulgado. "Acabamos de anunciar o contrato de US$ 2,2 bi para fornecer todas as turbinas para a frota dos Airbus A350 da TAM, assim como todos os serviços. É passo muito importante para a gente", limitou-se a dizer.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.