Rolls-Royce ganha contratos da Petrobras de até US$650 milhões

O grupo britânico de engenharia Rolls-Royce obteve contratos de até 650 milhões de dólares para dar suporte à Petrobras nas atividades de produção marítima no Brasil.

REUTERS

30 de novembro de 2011 | 07h41

A Rolls-Royce, que tem negócios nos setores aeroespacial, de defesa, marinho, energético e nuclear, anunciou nesta quarta-feira que fornecerá à Petrobras 32 pacotes de turbinas a gás, incluindo unidades de recuperação de calor, para ajudar no fornecimento de energia a oito navios de armazenamento e descarga.

"Para cumprir esses contratos vamos futuramente desenvolver nossa rede de fornecimento local para fornecer componentes importantes para nossa turbina de geração de energia a gás", disse o diretor da Rolls-Royce para a América do Sul, Francisco Itzaina.

Os navios da Petrobras com turbinas da Rolls-Royce vão operar nos campos de Lula e Guará, na Bacia de Santos.

A Rolls-Royce, que também é a segunda maior fabricante do mundo de motores para avião, tinha anunciado em fevereiro planos para construir uma instalação de 100 milhões de dólares no Rio de Janeiro para montar e testar turbinas a gás, com previsão de começar as operações no primeiro trimestre de 2013.

A companhia britânica também afirmou que deseja aumentar a presença na China continental por meio do desenvolvimento de um novo centro de serviços marítimos na ilha de Tsing Yi, em Hong Kong, com abertura planejada para 2012.

(Por Rhys Jones)

Tudo o que sabemos sobre:
ENERGIAROLLSROYCEPETROBRAS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.