Rombo da Previdência é de R$ 17,622 bi de janeiro a maio

Resultado é 11,1% menor do que o verificado no mesmo período de 2010, de R$ 19,817 bilhões

Célia Froufe, da Agência Estado,

28 de junho de 2011 | 16h15

A Previdência Social registrou um déficit de R$ 17,622 bilhões no acumulado dos primeiros cinco meses deste ano. O resultado é 11,1% menor do que o verificado no mesmo período de 2010, de R$ 19,817 bilhões.

De janeiro a maio de 2011, a Previdência arrecadou R$ 90,499 bilhões e teve despesas com benefícios de R$ 108,121 bilhões. Os valores acumulados são corrigidos pelo INPC.

Em maio, o déficit registrado foi de R$ 2,419 bilhões. O valor é resultado de uma arrecadação líquida de R$ 19,039 bilhões de uma despesa com pagamentos de benefícios previdenciários de R$ 21,459 bilhões. Em abril, o resultado ficou negativo em R$ 5,729 bilhões.

A expectativa é a de que o ministro da Previdência, Garibaldi Alves Filho, conceda entrevista coletiva em instantes para detalhar os dados.

Tudo o que sabemos sobre:
previdenciarombodeficit

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.