Rusal deve levantar até US$ 2,59 bi com IPO em Hong Kong -

Maior produtora mundial de alumínio, a gigante russa pretende vender 1,61 bilhão de ações

Nathália Ferreira, da Agência Estado,

31 de dezembro de 2009 | 10h24

A gigante de alumínio russa United Company Rusal planeja levantar até US$ 2,59 bilhões na oferta pública inicial em Hong Kong, marcando a primeira listagem russa na cidade, à medida que a Bolsa procura diversificar além do foco pesado na China.

 

No prospecto registrado na Bolsa de Hong Kong, a Rusal, maior produtora mundial de alumínio em termos de produção, disse que vai vender 1,61 bilhão de ações, com faixa de preço indicativa de 9,10 a 12,50 dólares de Hong Kong cada. Com base nessa faixa, a empresa planeja levantar entre US$ 1,88 bilhão e US$ 2,59 bilhões. A empresa tem a opção de emitir até 225 milhões de ações a mais, ou 14% da oferta, elevando o total de captação para até US$ 2,9 bilhões.

 

A Rusal, que tem dívidas de US$ 14,9 bilhões, afirmou que planeja pagar parte da dívida com os recursos captados e espera que as ações comecem a ser negociadas em Hong Kong em 27 de janeiro. A empresa também planeja uma listagem secundária de GDRs (global depositary receipts) na Euronext, em Paris.

 

As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
alumínioRusa, RússiaHong Kong

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.